Habacuque enfrentava dúvidas e Deus respeitou isso, e também respondeu suas indagações, e fortaleceu-lhe a fé.

Havia um homem, um profeta, em Judá, Reino do Sul. Este homem era Habacuque, ele tinha muitas perguntas para fazer a Deus. Ele viu a destruição e a violência; e também quem suscitasse a contenda e o litígio. Como ímpio cercava o justo, e promovia o juízo pervertido (Hc 1.3,4).  Então, corajosamente, ele perguntou como aquilo poderia ser assim, e por que Deus não fazia nada a respeito.

Deus não ficou bravo com Habacuque por fazer perguntas. Em vez disso, Ele respondeu e explicou o que ia fazer. Habacuque viu o mal no mundo em que vivia, e isso lhe partiu o coração (Hc 1.13,14). Habacuque enfrentava dúvidas e Deus respeitou isso, e também respondeu suas indagações, e fortaleceu-lhe a fé.

Deus assegurou a Habacuque que, apesar da aparência que o mundo tinha, Ele ainda estava no controle, e ainda amava o seu povo. “Então o Senhor me respondeu e disse: Escreve a visão e torna-a bem legível sobre tábuas, para que a possa ler o que correndo passa. Se tardar espera-o, porque certamente virá não tardará. Mas o justo, pela sua fé, viverá” (Hc 2.2-4).

Habacuque afirmou que até mesmo nos tempos de fome e perda ele ainda se regozijaria no Senhor. Os sentimentos do profeta não eram controlados pelos eventos ao seu redor, mas pela fé na habilidade que tem de nos fortalecer. Quando nada mais fizer sentido, e as dificuldades parecerem maiores do que você possa suportar, lembre-se de que o Senhor é aquele que nos dá forças para prosseguir. Tire seu olhar de suas dificuldades e olhe para Deus.

“Porquanto, ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide; o produto da oliveira minta, e os campos não produzam mantimento; as ovelhas da malhada sejam arrebatadas, e nos currais não haja vacas. Todavia, eu me alegrarei no Senhor, exultarei no Deus da minha salvação” (Hc 3.17,18). Diante de tal situação descrita, a Bíblia nos ensina como devemos agir.

1º passo: Devemos lembrar que Deus acompanha o nosso sofrimento. 

“E disse o Senhor a Satanás: Observaste o meu servo Jó? Porque ninguém há na Terra semelhante a ele, homem sincero e reto, temente a Deus, desviando-se do mal, e que ainda retém a sua sinceridade, havendo-me tu incitado contra ele, para o consumir sem causa” (Jó 2.3). Tudo está patente aos olhos do Senhor, Ele sabe tudo.

2º passo: Devemos entender que Deus converte em bem os sofrimentos e perseguições daqueles que o amam e obedecem aos seus mandamentos.

“Vós bem intentastes mal contra mim, porém Deus o tornou em bem, para fazer como se vê neste dia para conservar em vida a um povo grande” (Gn 50.20).

3º passo: Nunca devemos esquecer que Deus promete que ficará conosco na hora da dor; que andará conosco. Deus sempre virá ao nosso encontro. 

“Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam” (Sl 23.4).

4º passo: Devemos recorrer a Deus em oração sincera, sempre buscando a sua face e confiantes na sua providência. 

“Espera no Senhor, anima-te, e ele fortalecerá o teu coração; espera, pois, no Senhor” (Sl 27.14).

“Esperei com paciência no Senhor, e Ele se inclinou para mim, e ouviu o meu clamor” (Sl 40.1).

Pb. Wellington Santos

Superintendência das Campanhas Evangelizadoras - IEADPE

 

Is Jeremy Maclin choosing the Baltimore Ravens a big blow to the Buffalo Bills heading into 2017?

Rarely does a player with the talent level of Jeremy Maclin hit the open market as late as June. However on June 2 the Kansas City Chiefs released Jeremy Maclin to ease their cap hit. Once Maclin was released, the Buffalo Bills were immediately interested.Joe Flacco Jersey

They appeared to be a perfect match as head coach Sean McDermott and Maclin are familiar with each other. They had spent time together in Philadelphia. Additionally Bills running back LeSean McCoy and Maclin are good friends. McCoy took it upon himself to try and recruit Maclin to Buffalo.

Ultimately,Justin Tucker Jersey Maclin decided to pass on signing with the Bills, and chose to sign a two-year deal with the Baltimore Ravens. It appears, on the surface, to be a blow to the Bills offense. Maclin would have provided another weapon for Tyrod Taylor and to take some pressure of the Bills run game. However, one could argue that Maclin passing on the Bills is a blessing in disguise, especially when you look at the contract he signed.

The Ravens drastically overpaid for Maclin with a deal worth $11 million over two years.Dennis Pitta Jersey He’s coming off a very disappointing season with the Chiefs, in which he started in only 12 games due to a groin injury. His numbers were weak with 44 catches equaling 534 yards and two touchdowns.

Some of Maclin’s drop off can be attributed to injury. Groin injuries are notoriously difficult to recover from for wide receivers due to constant cuts and quick strides that wide receivers need to execute.C.J. Mosley Jersey However, when you look deeper at Maclin’s stats from last year, there are some numbers that pop out.

Maclin failed to make more than six catches in a game all season, and reached the six-catch plateau only twice.Elvis Dumervil Jersey Furthermore, Maclin had an 82-yard receiving game only once (Week 15). It’s also worth noting that this happened as the Chiefs were weak at wide receiver. When the Chiefs recruited him in 2015, Maclin was supposed to be the go-to guy for quarterback Alex Smith. Unfortunately, he finished third in receiving yards on the team behind a rookie wide receiver Tyreek Hill and tight end Travis Kelce last season.