VI – PAIS QUE FORAM EXEMPLO DE AUTORIDADE NO LAR

6.1. Abraão. A família de Abraão, ainda que não tenha sido perfeita, deixa-nos exemplos de fé, obediência e comunhão com Deus. Vejamos alguns exemplos positivos, deixados pela família do patriarca Abraão:

a. Sara, modelo de uma mulher submissa. Quando o Senhor apareceu a Abraão, fez-lhe algumas exigências: sair da sua terra, do meio de sua parentela e da casa do seu pai, para ir a uma terra que Ele lhe mostraria (Gn 12.1-3). As Escrituras afirmam que ele tomou Sara, sua mulher e obedeceu (Gn 12.5; Hb 11.8,9; I Pe 3.1,6). Ou seja, Sara não se colocou contra a orientação de seu marido, como fariam muitas feministas que atualmente. A maioria esmagadora daqueles que desconhecem o princípio da autoridade divina para a família, zombam da informação bíblica de que a esposa deve se submeter à autoridade do marido. Mas Sara simplesmente seguiu o seu esposo.  O papel da mulher cristã, como esposa submissa, é de fundamental importância para que o seu lar seja harmônico, feliz e espiritual.

b. Abraão, exemplo de comunhão com Deus (Gn 12.7,8). Por diversas vezes, em suas peregrinações, Abraão erigiu altares ao Senhor. Altar fala de adoração, sacrifício e comunhão com Deus. É dever do chefe da família, “levantar altares” e conduzir a sua família para mais perto de Deus. Abraão, Isaque, Jacó e tantos outros servos de Deus ergueram altares. (Gn 12.7,8; 13.4,18; 22.9; 26.25; 33.20; 35.5-7)

c. Abraão, exemplo de um pai que se preocupa em ensinar aos filhos. Disse o Senhor, acerca de Abraão: “Porque eu o tenho conhecido, e sei que ele há de ordenar a seus filhos e à sua casa depois dele, para que guardem o caminho do SENHOR, para agir com justiça e juízo; para que o SENHOR faça vir sobre Abraão o que acerca dele tem falado” (Gn 18.19).

6.2 Josué. Exemplo de pai decidido. Tomou a decisão de servir a Deus com toda a sua família. (Js 24. 15).

6.3 Filipe. Exemplo de pai perseverante. Sua perseverança no exercício da autoridade no lar conservou suas filhas em pureza e santidade, por isso foram instrumentos de Deus. (At 21. 8, 9).

VII - COMO OS PAIS PODEM RESGATAR ESTE VALOR PERDIDO NA FAMÍLIA

Em Lc. 15. 8-13 lemos que uma dona de casa perdeu uma dracma dentro de sua própria casa. No entanto, tomou algumas decisões que lhe ajudaram a encontrar:

a. Acendeu a candeia. Os pais que perderam sua autoridade no lar devem acender a candeia, que é a leitura da Palavra de Deus, associada com oração. Principalmente se seus filhos ainda são menores de idade e convivem dentro de casa. O culto doméstico propicia um ambiente excelente para se acender a candeia;

b. Varreu a casa. Fazer uma limpeza em seus maus hábitos, que está dificultando o exercício de sua autoridade paterna. Principalmente no exemplo dos cônjuges;

c. Procurou com diligencia. Ser perseverante na reconquista desta autoridade. Não se esquecendo que não é por força nem por violência (Zc 4. 6).

CONCLUSÃO

A Palavra de Deus é muito clara quando mostra que Deus honra e valoriza a autoridade dos pais, é tanto que na lei de Moisés o Senhor instituiu mandamentos para proteger a autoridade dos pais para com os seus filhos (Ex 21.15; Dt 27.16; Pv 30.17). Conquanto os filhos não devam desonrar os pais (Mt 15.4), os pais, por sua vez não devem abusar de sua autoridade para com o filho. Há pais que se valem de sua posição para, irritar, perturbar, ou humilhar seus filhos. Deus não aprova esse comportamento (Ef 6. 4).

Ev. Joel Calado

Deptº da Família - IEADPE

 

 


Is Jeremy Maclin choosing the Baltimore Ravens a big blow to the Buffalo Bills heading into 2017?

Rarely does a player with the talent level of Jeremy Maclin hit the open market as late as June. However on June 2 the Kansas City Chiefs released Jeremy Maclin to ease their cap hit. Once Maclin was released, the Buffalo Bills were immediately interested.Joe Flacco Jersey

They appeared to be a perfect match as head coach Sean McDermott and Maclin are familiar with each other. They had spent time together in Philadelphia. Additionally Bills running back LeSean McCoy and Maclin are good friends. McCoy took it upon himself to try and recruit Maclin to Buffalo.

Ultimately,Justin Tucker Jersey Maclin decided to pass on signing with the Bills, and chose to sign a two-year deal with the Baltimore Ravens. It appears, on the surface, to be a blow to the Bills offense. Maclin would have provided another weapon for Tyrod Taylor and to take some pressure of the Bills run game. However, one could argue that Maclin passing on the Bills is a blessing in disguise, especially when you look at the contract he signed.

The Ravens drastically overpaid for Maclin with a deal worth $11 million over two years.Dennis Pitta Jersey He’s coming off a very disappointing season with the Chiefs, in which he started in only 12 games due to a groin injury. His numbers were weak with 44 catches equaling 534 yards and two touchdowns.

Some of Maclin’s drop off can be attributed to injury. Groin injuries are notoriously difficult to recover from for wide receivers due to constant cuts and quick strides that wide receivers need to execute.C.J. Mosley Jersey However, when you look deeper at Maclin’s stats from last year, there are some numbers that pop out.

Maclin failed to make more than six catches in a game all season, and reached the six-catch plateau only twice.Elvis Dumervil Jersey Furthermore, Maclin had an 82-yard receiving game only once (Week 15). It’s also worth noting that this happened as the Chiefs were weak at wide receiver. When the Chiefs recruited him in 2015, Maclin was supposed to be the go-to guy for quarterback Alex Smith. Unfortunately, he finished third in receiving yards on the team behind a rookie wide receiver Tyreek Hill and tight end Travis Kelce last season.